Homem teria sido morto após mulher ter visto mensagens no celular dele com outra mulher, em Campina Grande — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Uma mulher é suspeita de matar o marido a facadas neste domingo (19), no bairro das Três Irmãs, em Campina Grande, na frente dos três filhos. De acordo com relato da suspeita à polícia, a motivação do crime teria sido a troca de mensagens do esposo com outra mulher.

Em um áudio enviado pela suspeita a uma amiga, ela pede que a amiga pegue os filhos na casa dela para poder matar o marido na ausência dos filhos. Ela diz que em seguida seguiria para o presídio e, por isso, precisaria que a amiga pegasse os filhos. No entanto, o crime aconteceu na frente deles.

Segundo informações da Polícia Militar, uma equipe foi acionada para atender a um chamado de esfaqueamento no bairro das Três Irmãs. Ao chegar no local, a polícia encontrou Joselito dos Santos Montenegro, de 40 anos, com cerca de cinco ferimentos de faca. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vítima já estava morta quando a equipe chegou para socorrê-la.

De acordo com a PM, a suspeita do crime é a esposa da vítima, que tem 31 anos, e foi detida no local do crime. Segundo relato da suspeita à polícia, a motivação do crime teria sido a troca de mensagens do marido com outra mulher que ela teria visto no celular dele enquanto a vítima dormia. Logo após ela teria planejado matá-lo a facadas quando os filhos já não estivessem mais em casa.

A faca usada na ação foi apreendida. Os vizinhos queriam linchar a mulher, mas a polícia conseguiu impedir e a encaminhou para a Central de Polícia de Campina Grande, onde ela prestou depoimento confessando o crime ao delegado Francisco de Assis.

O conselho tutelar foi acionado para prestar assistência às crianças, uma delas é filha do casal, as outras duas são de outro relacionamento da mãe. Elas ficaram sob a proteção do avô materno.

Do G1 Paraíba