Enfermeira do Ministério da Saúde do Paraguai testa homem que retornou do exterior em Luque neste sábado (2) — Foto: Jorge Saenz/AP Photo
O Paraguai voltou a registrar aumento nos novos casos diários de novo coronavírus, após sucessivas quedas. E, segundo o Ministério da Saúde paraguaio, 87,5% dos diagnósticos registrados nos últimos dois balanços diários são de pessoas que estiveram no Brasil.

De acordo com balanço deste sábado (2), o Paraguai registrou 37 novos casos de Covid-19. Desses, 28 pacientes vieram do Brasil, e estão em quarentena obrigatória determinada pelo governo paraguaio. Na véspera, dos 67 novos registros, 63 eram de pessoas que estiveram em território brasileiro.

Segundo o jornal “ABC Color”, a maioria dos casos é de paraguaios que já estavam em quarentena ao voltar do Brasil. As fronteiras do Paraguai estão fechadas desde 24 de março, e somente cidadãos do país em viagem de retorno são aceitos.

Os números de sexta e de sábado indicam uma retomada dos novos casos de coronavírus no Paraguai — nos outros dias da semana, os novos registros de Covid-19 diários não passaram de 10. No domingo, inclusive, o país vizinho não registrou nenhum diagnóstico da doença.

Segundo reportagem da RPC, afiliada da TV Globo no Paraná, os números têm relação com os paraguaios que estavam havia dias tentando entrar no Paraguai a partir do Brasil pela Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu.

Quando estes paraguaios puderam retornar ao país de origem, eles cumpriram quarentena em um albergue. Ao menos 2,5 mil paraguaios que estavam no Brasil conseguiram voltar ao Paraguai.

Do G1