O Palmeiras venceu o Santos por 2 a 0, neste domingo (07), na Vila Belmiro, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro Brasileiro, e voltou a ocupar a vice-liderança na tabela. Há 20 dias da final da Libertadores, Abel Ferreira falou sobre o momento da equipe na temporada e afirmou que ainda existem pontos para serem trabalhados.

“Acredito que eu sou o primeiro a ter que melhorar. Estamos no auge? Não. Temos muito a trabalhar e crescer. Temos gente com muita vontade de ganhar. Desde o treinador a jogadores, é preciso continuar com o pé no acelerador. Todos nós temos que melhorar, treinador e jogadores. Nos alimentamos de duas coisas: trabalho e vitórias”.

Apesar de ter retomado a 2ª colocação na tabela, o Alviverde segue 10 pontos atrás do Atlético-MG. Com mais oito jogos em disputa, o clube conta com 3% de chances de faturar o título nacional.

O treinador português ainda comentou a escalação utilizada diante do Peixe e ressaltou a utilização de Dudu, Veiga e Scarpa, que começaram mais uma partida juntos entre os titulares.

“Para a bola chegar a Scarpa, Dudu ou Veiga, ela tem que ser construída por trás. A equipe não está pior ou melhor porque tem Scarpa ou Veiga. É o que queremos para cada jogo. Com todos disponíveis, competimos no treino e ficamos fortes no jogo. Vocês gostam muito de individualizar, então… Veiga fez um jogo seguro, Scarpa fez um jogo seguro. Dudu fez um jogo seguro também. Viram o sprint que ele deu para trás, para tirar uma bola. É o que eu quero dele. Que ele empreste ofensivamente e defensivamente”, comentou.

Por fim, o treinador elogiou a atuação de destaque do camisa 23 do Verdão, que foi mais uma vez decisivo, tendo marcado um gol e feito uma assistência.

“Tudo no tempo de Deus. Veiga tem que fazer aquilo que controla. Dar o melhor, ser corajoso, ter valentia com e sem bola. É o grande segredo, o equilíbrio que tem sem bola. Com bola, muita qualidade, completo! Está aí pra quem quiser ver”, finalizou.

O Palmeiras volta a entrar em campo pelo Brasileirão na próxima quarta-feira (10), às 20h30, para encarar o Atlético-GO, no Allianz Parque.

Do ManchetePB
Com Uol