Coronavírus: taxa de reprodução na Alemanha está acima de 1 pelo terceiro dia consecutivo (Andreas Rentz/Getty Images)
A Alemanha registrou nesta terça-feira (12) quase o triplo do número de novos casos de coronavírus, cerca de uma semana depois que o país flexibilizou as regras do isolamento social. O aumento de casos gera preocupações sobre o controle da pandemia.

De acordo com a agência para controle e prevenção de doenças, o Instituto Robert Koch (RKI), a Alemanha tem 933 novos casos — um grande aumento em comparação aos 357 registrados na segunda-feira.

O instituto também informou em seu boletim diário que o número de pessoas que cada doente contagia — conhecido como taxa de reprodução, ou taxa R — está acima de 1 pelo terceiro dia consecutivo. Isso significa que, em média, cada pessoa contaminada está transmitindo a covid-19 para mais de uma pessoa.

A chanceler Angela Merkel, cedendo a pressões de líderes de 16 estados federais para a retomada economia, anunciou no dia 6 de maio medidas de afrouxamento da quarentena, que incluem retomada do comércio e um gradual retorno às escolas.

A Alemanha se tornou uma referência mundial pelo baixo número de mortes diante da alta contaminação, graças a um programa de exames de larga escala. Até esta terça, 170.508 casos e 7.533 mortes por covid-19 foram identificados no país, de acordo com o RKI.