Município deve manter os serviços essenciais, porém sem restrição de locomoção

Após uma nova avaliação, o Governo do Estado manteve o município de Guarabira na bandeira laranja no que diz respeito ao plano de retomada da economia, denominado de “Novo Normal”. Segundo o Estado, a cidade deve reforçar ações propostas pelos órgãos de Saúde para evitar uma maior propagação do coronavírus.

O novo balanço foi divulgado neste sábado (27). De acordo com o mesmo, a Prefeitura de Guarabira deve manter permitido apenas os serviços essenciais, porém sem restrição de locomoção.

Na bandeira laranja, podem funcionar atividades essenciais, como agropecuária; cadeia produtiva e atividades acessórias essenciais; bancos, casas lotéricas, correspondentes bancários e seguradoras; empresas de telecomunicação, comunicação e imprensa; distribuidoras e geradoras energia, atividades de extração, produção, siderúrgica e afins; transporte, armazenagem, empresas de logística, Correios e manutenção de veículos automotores; supermercados e afins; serviços de Saúde; tratamento de água e esgoto e coleta de resíduos; administração pública (observada a adoção regimes home office), além dos já sinalizados com adequações para funcionamento.

A cidade de Guarabira, segundo o ranking da Secretaria Estadual de Saúde, é o terceiro município com maior número de casos da Covid-19. Segundo boletim deste sábado, já são 2.050 pessoas que contraíram o vírus.