Britney Spears publicou um vídeo no qual falou sobre o fim de sua tutela, após 13 anos.

A cantora revelou o que pretende fazer agora que está livre: “A primeira pergunta que vocês mais me fazem é ‘o que eu vou fazer agora que a tutela acabou?’. Muito boa pergunta. Eu estive sob tutela por 13 anos. É um longo tempo para ficar em uma situação na qual você não quer estar. Então eu apenas sou grata por cada dia e por poder ter as chaves do meu carro, poder ser independente e me sentir como uma mulher, e ter um cartão, ver dinheiro pela primeira vez, poder comprar velas. São as pequenas coisas para nós mulheres que fazem uma enorme diferença. Sou grata por isso, é muito bom”.

A estrela pop disse que quer que sua história inspire mudanças para melhorar a vida das pessoas: “Eu não estou aqui para ser uma vítima, eu vivi com vítimas minha vida inteira quando criança, por isso deixei minha casa e trabalhei por 20 anos, ralei muito. Estou aqui para defender pessoas com deficiências reais e doenças reais. Eu sou uma mulher muito forte, então eu só posso imaginar o que o sistema faz com essas pessoas. Tomara que minha história tenha um impacto e mude algumas coisas no sistema corrupto”.

Britney também falou sobre a importância do movimento #FreeBritney, ou #LibertemBritney, para que ela pudesse de fato ser livre: “Vocês são demais. Honestamente, minha voz foi silenciada e ameaçada por tanto tempo. Eu não podia denunciar ou falar nada e, por causa de vocês e da consciência do que estava acontecendo, e por levarem essas notícias ao público por tanto tempo, vocês fizeram com que todos eles soubessem e, por causa de vocês, eu honestamente penso que vocês salvaram minha vida de certa forma, 100%. Vamos seguir em frente, tenham um ótimo ano, um feliz Natal e continuem arrasando”.

Na legenda do vídeo, Britney ainda brincou sobre a especulação de que dará uma entrevista reveladora para a apresentadora Oprah Winfrey: “Eu posso também dar uma ideia sobre o que penso aqui no Instagram antes de acertar as coisas com a Oprah. Quer dizer, quem sabe?”.

A cantora disse também que sua os membros de sua família deveriam estar presos pelo que fizeram com ela por todos os anos da tutela: “Eu sei o quanto é constrangedor compartilhar o fato de que nunca tinha visto dinheiro ou que não podia dirigir meu carro, mas honestamente eu fico chocada todos os dias quando penso em como minha família e a tutela foram capazes de fazer o que fizeram comigo. Foi desmoralizante e degradante. Eu nem estou falando de todas as coisas ruins que fizeram comigo, pelas quais eles deveriam estar na cadeia, incluindo minha mãe religiosa. Eu estou acostumada a manter a paz na minha família e deixar minha boca fechada, mas não dessa vez. Eu não esqueci e espero que eles olhem para cima esta noite e saibam exatamente o que eu quero dizer”.

Do ManchetePB
com R7