O governo da Paraíba chegou ao final de agosto sem cumprir a promessa de divulgar o edital do convocação do concurso público para a Polícia Civil. Em entrevista TV Cabo Branco, nesta terça-feira (31), o delegado Bergson Vasconcelos, que integra a comissão organizadora do certame, disse que agora ele deverá ser apresentado nos próximos 30 dias, no máximo até 60 dias.

Segundo o organizador, a esquipe está na fase final de elaboração do edital para publicação. Pela lei do concurso, depois que o edital for publicado, as provas deverão ser realizadas no mínimo em 90 dias. “Então provavelmente esta prova deve estará acontecendo lá para o final do ano ou início do ano que vem”, comentou.

O concurso prevê 1,4 mil vagas para os cargos de delegado (120 vagas), escrivão (515 vagas), perito médico (50), técnico em perícia (68), necrotomista (65), agente de investigação (400), perito médico legal (50) perito oficial criminal (77), perito odonto legal (10), perito químico (35) e papiloscopista (60).

A média salarial corresponde ao cargo em que o candidato foi aprovado. Mas, no geral, varia entre R$ 3,5 mil e R$ 9,5 mil.

Durante o certame, os candidatos devem passar por etapas como provas objetivas e de capacidade física, avaliação psicológica e investigação social. Após a aprovação nessas fases, há ainda o curso de formação, com duração média de seis meses.

O objetivo do concurso é suprir as necessidades dos cargos de carreira da instituição, considerando um cenário com previsão de 785 servidores aptos à aposentadoria.

Do Manchete PB
Com Jornal da Paraíba