CrimeKamil Dantes esfaqueou seu pai com deficiência e a sua mãe mais de 30 vezes cada um, utilizando duas facas de cozinha durante um ataque “psicótico”. Ele, que tem 28 anos, disse para a polícia que achava que seus pais estavam colocando remédios na comida para controlá-lo.

Kamil era usuário de drogas e confessou ter fumado dois cigarros de maconha antes de cometer o crime aterrorizante, dizendo que a droga o afetou fortemente. O ataque aconteceu no início da manhã e foi tão forte que a ponta de uma das facas chegou a ser quebrada. No final de tudo ele acabou admitindo o assassinato deles.

Aparentemente ele se arrependeu de ter matado seus pais, dizendo que o crime foi o maior erro de sua vida. Ainda por cima colocou a culpa em seu sistema nervoso que estava afetado e foi piorado por causa do uso das drogas.

Ele pegou seus pais de surpresa, então nenhum deles conseguiu fugir para pedir ajuda. Agora Kamil está em tratamento num hospital de alta segurança em Rampton, com um possível diagnóstico de esquizofrenia.

R7