Ibama apreende mais de armadilhas ilegais usadas para capturar lagostas, no Litoral Norte da PB — Foto: Ibama/Divulgação

Pelo menos 34 armadilhas para captura de lagostas foram apreendidas pelo Ibama em uma operação de combate à pesca ilegal realizada em Baía da Traição, município localizado no litoral norte da Paraíba, no último fim de semana.

A apreensão faz parte da operação Argus, realizada em conjunto com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Batalhão Ambiental da Polícia Militar.

Conhecidas como marambaias, as peças são produzidas com tambores ou tonéis de ferro ou plástico usados para armazenar produtos tóxicos, como combustíveis e óleos lubrificantes. O uso do equipamento é proibido pelo órgão. A utilização dele está associada ao mergulho com compressor de ar, modalidade de pesca que também é proibida legislação.

O uso de equipamentos ilegais de pesca foi identificado a partir de levantamento realizado pelo serviço de inteligência da Polícia Militar. A multa aplicada a quem pesca, armazena ou utiliza equipamentos ou métodos proibidos pode variar de R$ 700 a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilograma de pescado capturado.

Do G1