Vários países europeus começaram a suspender as medidas de isolamento por causa da pandemia de coronavírus. Encorajadas pelo anúncio de 174 mortes em 24 horas ontem, o menor número desde o início do confinamento, as autoridades italianas estão se preparando para suspender gradualmente as restrições a partir de hoje, uma medida esperada por todos, podendo assim reativar a economia.

A mesma tendência foi registrada em outros países do continente, como França e Espanha, onde foram registradas 135 e 164 mortes, respectivamente, nas últimas 24 horas. Na Espanha, com 25.264 mortos, os cidadãos começaram a descobrir a felicidade de voltar às ruas no sábado. Na França, com 24.895 mortos, o alívio do confinamento começará em 11 de maio.

Estritamente confinada desde 9 de março, a Itália foi duramente atingida, com 28.884 mortos. Os italianos aguardam ansiosamente a reabertura de parques, a possibilidade de visitar a família ou reuniões de, no máximo, 10 pessoas, deslocamentos limitados ao bairro de residência e a possibilidade de receber entregas de bares e restaurantes.

As medidas, entretanto, variam nas 20 regiões do país. A Calábria e o Veneto já autorizaram a reabertura de bares e restaurantes. “Não baixem a guarda. A fase dois começa. Devemos estar cientes de que este será o começo de um desafio ainda maior”, alertou o chefe do grupo de trabalho encarregado de responder à pandemia, Domenico Arcuri.

A suspensão das restrições já está em andamento na Alemanha, onde as escolas começam a reabrir gradualmente em algumas regiões hoje. O ministro alemão do Interior e do Esporte mostrou-se favorável, ontem, em entrevista ao jornal Bild a retomar a liga de futebol, a Bundesliga. Seria o primeiro grande campeonato europeu a dar esse passo.

Itens de segurança
Hoje, serão reabertos na Eslovênia terraços de cafés e restaurantes, museus, livrarias e salões de beleza. Os treinos esportivos profissionais poderão ser retomados. O uso de máscara é obrigatório em locais públicos fechados, nos transportes e no comércio.

Na Hungria, fora de Budapeste, reabrirão terraços de cafés e restaurantes, praias e banheiros públicos, e serão retomados os treinos esportivos profissionais. A máscara é obrigatória nos transportes e no comércio.

Já na Polônia, o governo anunciou a reabertura, hoje, de hotéis, centros comerciais, parte dos centros culturais e alguns museus. Na Croácia, algumas lojas, museus e bibliotecas reabriram na semana passada. Reuniões religiosas estão autorizadas desde ontem. Hoje, os serviços que têm contato próximo com o cliente, como salões de beleza, poderão funcionar.

Por sua vez, a Sérvia reabrirá cafés e restaurantes, guardando as distâncias de segurança, e o uso de máscara é obrigatório no transporte público e em trens interprovinciais e ônibus de longa distância. Na Grécia, cerca de 10% do comércio poderá reabrir hoje: livrarias, salões de beleza e lojas de eletrônicos, artigos esportivos e jardinagem.

Em países nórdicos também haverá relaxamento. Na Islândia, universidades, museus e salões de beleza reabrirão hoje. Dinamarca e Noruega, em regime de semiconfinamento, foram algumas das primeiras nações europeias a aliviar as restrições. Os dinamarqueses foram os primeiros a voltar às aulas, em 15 de abril.


Flexibilização a partir de hoje
Itália
A partir de hoje, os italianos poderão visitar parentes e se reunir em número reduzido. Os parques reabrirão, respeitando o distanciamento físico de mais de um metro. Os setores de manufaturas, construção e atacadistas poderão abrir fábricas e lojas e retomar obras. A abertura total será em 1º de junho. Os deslocamentos continuarão sendo limitados ao interior da comunidade de residência e submetidos a exigências de trabalho e saúde.

Espanha
Pequenos comércios, como salões de beleza, poderão receber clientes agendados a partir de hoje. O uso da máscara será obrigatório no transporte público. Em algumas ilhas baleares e nas Canárias, a maioria das lojas, museus e terraços de bares e restaurantes poderá abrir com capacidade limitada, bem como hotéis, sob condições. O restante do país fará o mesmo a partir de 11 de maio. Até o fim total do confinamento, os espanhóis não poderão sair de suas províncias.

Alemanha
A maioria dos estabelecimentos comerciais com menos de 800m² abriu no último dia 20. A partir de hoje, as escolas abrirão aos poucos em algumas regiões (Sarre, Saxonia-Anhalt, Bremen). Salões de beleza também abrirão. Locais de culto, museus, memoriais e zoológicos já o fizeram. O uso de máscara será progressivamente obrigatório nos transportes e no comércio.

Portugal
Livrarias e concessionárias de automóveis reabrirão hoje. O comércio local de até 200m², que dê para a rua, também poderá funcionar, com o uso de máscara. Salões de beleza receberão clientes sob agendamento. Alguns serviços públicos abrirão com agendamento e uso obrigatório de máscara, que também é obrigatória no transporte público. Esportes individuais ao ar livre estão autorizados.