O atacante Kylian Mbappé voltou a falar sobre seu futuro no PSG. O jovem de 22 anos admitiu que pediu para deixar o clube na última janela de transferências, mas negou que tenha “enrolado” os dirigentes do clube da capital francesa. E ainda reclamou da postura do clube em relação a ele na imprensa.

– A partir do momento em que não quis renovar o meu contrato, disse ao PSG que queria sair. Queria que o PSG conseguisse uma quantia importante com a minha venda para assim conseguir encontrar um substituto de qualidade – afirmou Mbappé, em entrevista à rádio RMC Sport.

– Disseram que recusei seis ou sete ofertas para renovar o contrato e que não queria mais falar com o Leonardo (diretor de futebol do PSG). Isso não é verdade. A minha posição sempre foi clara, informei o clube da minha intenção de sair no final de julho. Não gostei que o clube tivesse dito que só avisei que queria sair no final de agosto. Foi mentira e soou como se fosse um bandido. Disse ao PSG que queria sair no fim de julho – salientou.

Na entrevista, que vai ao ar na íntegra no fim da tarde desta segunda-feira, Mbappé disse ter carinho pelo PSG, mas deixou transparecer que não irá mesmo renovar.

– O PSG meu deu muito e sempre fui feliz nos quatro anos em que estive aqui. Ainda sou feliz. Anunciei a minha intenção (de sair) para que o clube pudesse reagir a tempo (no mercado). Queria que tudo corresse bem para alcançarmos um acordo.

Vale lembrar que o Real Madrid fez mais de uma oferta ao PSG por Mbappé, mas o clube francês preferiu não negociá-lo. Desse modo, o atacante pode deixar o clube no ano de graça.

Do Manchete PB
Com Ge.globo