A Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor da Paraíba, PROCON-PB, através do Setor de Pesquisa e Estatística, realizou uma pesquisa entre os dias 9 e 10 de novembro sobre os preços do gás de cozinha (GLP) em distribuidores da capital.

No pagamento efetuado à vista, o botijão de 13 kg com opção de entrega, os preços oscilaram entre R$ 98,00 a R$ 115,00 nos estabelecimentos pesquisados. A variação ao consumidor é de R$ 17,35% e diferença nominal de R$ 17,00.

O botijão de gás no pagamento à prazo, o menor preço com entrega foi encontrado por R$ 104,46 (JDS Gás – Colinas do Sul) e sem entrega R$ 102,00 (Parque do Sol gás e água – Gramame). O maior preço no pagamento a prazo do botijão (com ou sem entrega) foi constatado de R$ 120,00 (Rejane Gás e Água – Castelo Branco). A diferença nominal da venda a prazo com entrega é de R$ 15,54 e os preços variaram a 17,65%.

O Botijão novo, para pagamento na modalidade à vista, os preços apresentaram valores entre R$ 250,00 (Jonas Gás – Valentina/ Torre Gás – Mangabeira/ Vitória Gás – Mandacaru/ JDS Gás – Colinas do Sul/ Alex Gás – Cruz das Armas/ SA Comércio e Gás – Bairro dos Estados) e R$ 300,00 (Ivan Gás e Água – Bessa). A economia para o consumidor que pesquisa foi de até R$ 50,00 e variação do produto chega à 20%

O consumidor que optar pelo o botijão novo, no pagamento a prazo, os preços variaram entre R$ 250,00 (Torre Gás – Mangabeira/ JDS – Colinas do Sul/ Sa Comércio e Gás – Bairro dos Estados) até R$ 282,00 (B e M Comércio Varejista). A economia foi de até R$ 32,00, e a variação foi de 12,80%

Ao sair de casa use máscara, lave as mãos com água e sabão e mantenha o distanciamento social, lembre-se que ainda estamos em pandemia.

Do ManchetePB
Com PBAgora