Uma operação policial prendeu 11 pessoas ligadas a uma organização criminosa, a crimes de homicídio e tráfico de drogas na região de Pombal, Sertão da Paraíba, nesta quinta-feira (2). De acordo com as investigações, as ordens para o cometimento dos crimes partiam de dentro de uma penitenciária em João Pessoa.

A operação chamada de ‘Altiplano’ é uma ação conjunta da Polícia Milita, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros e tem como objetivo desarticular a organização criminosa. Segundo a polícia, entre as 11 pessoas presas está o irmão e o filho de Raimundo Nonato da Costa, morto em confronto com a polícia no dia 12 de agosto, durante uma operação policial na zona rural de Pombal, Sertão do Estado.

De acordo com o superintendente da Polícia Civil na região do Sertão, Cristiano Jacques, tratava-se de uma organização criminosa que vinha cometendo vários delitos na região de Pombal e em outros municípios. Na operação foi apreendido armas, munições, drogas, balança de precisão, celulares e dinheiro.

“Já estamos investigando esse grupo há um bom tempo e temos provas robustas das atrocidades cometidas por essa quadrilha”, disse o superintendente.

Ainda segundo a polícia, as investigações continuam para identificação de outros membros da organização criminosa, que podem ser presos a qualquer momento.

Do Manchete PB
Com G1.globo