Além das prisões, os policiais apreenderam armas, munições, drogas e uma moto (Foto: Divulgação)
Além das prisões, os policiais apreenderam armas, munições, drogas e uma moto (Foto: Divulgação)

Cinco pessoas suspeitas de tentar assassinar a tiros uma conselheira tutelar há menos de um mês atrás em Baía da Traição, no Litoral Norte paraibano, foram presas durante uma operação conjunta das Polícias Militar e Civil. O grupo é suspeito ainda de traficar drogas.

De acordo com informações do capitão Alberto Filho, comandante da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar, as prisões aconteceram após denúncias anônimas. Com os suspeitos, os policiais encontraram dois revólveres e várias munições, uma quantidade não divulgada de drogas e uma moto roubada.

A polícia acredita que mais pessoas tenham envolvimento com o grupo, suspeito de receber encomendas de morte. A operação tem como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão.

Os suspeitos foram encaminhados, juntamente com o material apreendido, para a delegacia seccional de Mamanguape.